BIO

Já vendi roupas, fui fotógrafo, jornalista, publicitário, garçom, barman e até em fábrica de chocolates eu trabalhei. Percebi que é errando que se chega onde se deseja. E essa errância implica necessariamente em experimentar. Meu interesse pela educação, comunicação e arte me trouxe até aqui - um retrato ainda em construção.

Hoje sou diretor da ZeitGeist Educação e co-chairman internacional da UNESCO MIL Alliance (Paris, França), a aliança internacional da UNESCO em educação midiática. Escrevo artigos mensais para A Gazeta do Povo e Revista Educação. No audiovisual, apresento o programa "Idade Mídia", no Canal Futura, e o MídiaMundo, no Youtube, este junto com a jornalista Maria Cristina Poli.

Em suma, dedico minha vida profissional pesquisando e, principalmente, implementando projetos com base na educação, comunicação e inovação em empresas, escolas e governos. Desde 1999, quando ajudei a fundar a Cidade Escola Aprendiz (case de inovação pela Universidade de Harvard), resolvi justamente atuar nas nuances e oportunidades desses campos.
 
Tudo começou após um sabático em Londres e contato com a BBC, percebi que faria a diferença se trabalhasse com a mão na massa para transformar a educação no Brasil. 

Minha formação como jornalista e educador me levou ao então ao tema da Educação e Mídias. Antes disso, como jornalista, cobri o tema da educação para os principais veículos de comunicação do país como o Estado de S.Paulo, Editora Abril, Editora Nova Cultural e a revista Trip, entre outros.
 
Nos últimos quinze anos, ajudei a fundar 3 ONGs e duas empresas, entre elas a Rede CEP (Comunicação, Educação e Participação), apoiada pelo UNICEF. 

Além de empreendedor, sou consultor, faço palestras, aulas, elaboro e implemento projetos, escrevo livros, artigos; enfim, desenvolvo educação transformadora para governos, empresas e terceiro setor – dentro e fora do Brasil. Cursei especialização em Negócios Digitais na Universidade da Califórnia - Berkeley e B.I Internacional. 

Hoje também membro do conselho consultivo do Educamídia, programa de formação em educação midiática do Instituto Palavra Aberta e do Google.org, além do conselho científico da revista Comunicar (Universidade de Huelva, Espanha) e do conselho financeiro da ABPEDUCOM (Associação Brasileira dos Profissionais e Pesquisadores em Educomunicação), da qual sou sócio-fundador.

Atuo como pesquisador da PUC de São Paulo (Tidd), em Inteligência Artificial e seus impactos éticos e educacionais.  
 

Você pode encontrar mais detalhes da minha trajetória no meio perfil no Linkedin.